| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

períciadf
Desde: 07/05/2004      Publicadas: 20      Atualização: 16/07/2004

Capa |  jurisprudencia  |  legislação


 jurisprudencia

  09/05/2004
  0 comentário(s)


UTI em casa-Paciente deve receber aparelhos e visita médica periódica

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) deverá fornecer a uma paciente em coma vegetativo os aparelhos de respiração bipap, desumidificador e balas de oxigênio, quantas forem necessárias, para que ela seja atendida em sua residência

UTI em casa
Paciente deve receber aparelhos e visita médica periódica

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) deverá fornecer a uma paciente em coma vegetativo os aparelhos de respiração bipap, desumidificador e balas de oxigênio, quantas forem necessárias, para que ela seja atendida em sua residência. A liminar que determina o tratamento foi concedida pela juíza da 3ª Vara da Fazenda Estadual de Belo Horizonte, Sandra Alves de Santana e Fonseca.

Na ação, o pai da jovem informou que a filha, internada no Hospital Luxemburgo, foi vítima de acidente de automóvel há 11 meses e apresenta seqüelas definitivas, de acordo com o relatório médico. Alegou que a paciente é totalmente dependente, sem perspectiva de recuperação e que necessita de aparelhos para viver.

Argumentou também que pretende continuar o tratamento da filha em casa, com acompanhamento médico diário e assistência dos demais familiares, mas a Fundação lhe negou a concessão dos aparelhos.

Ao analisar o pedido, a juíza considerou necessária a transferência da paciente para a sua residência, em razão do grave quadro clínico de traumatismo crânio-encefálico da jovem. Levou em conta o relato médico que afirma não existir benefício clínico se a paciente permanecer onde se encontra, e que ainda está exposta ao risco de infecções hospitalares.

A magistrada fundamentou a decisão no art. 198, II, da Constituição Federal, que prevê o atendimento integral aos necessitados, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais. "O atendimento no hospital, no caso dos autos, não alcança a finalidade constitucional", concluiu. A juíza determinou também a realização de visitas médicas esporádicas à paciente. (TJ-MG)
Revista Consultor Jurídico, 08 de maio de 2004
  Autor:   Revista Consultor Jurídico, 08 de maio de 2004


  Mais notícias da seção justiça no caderno jurisprudencia
23/06/2004 - justiça - Bancário ganha direito a estabilidade durante aviso prévio
Um bancário vai receber indenização porque foi demitido apesar de ter sido constatado, durante o aviso prévio, que ele havia desenvolvido Lesão por Esforço Repetitivo (LER). ...
23/06/2004 - justiça - Paciente que sofreu queimadura consegue indenização
O Instituto de Medicina e Cirurgia do Paraná LTDA foi condenado a indenizar Ester Georgina Rodrigues em R$ 23.400 por causa de uma queimadura sofrida durante uma cirurgia....
23/06/2004 - justiça - Justiça rejeita argumentos de Companhia Paulista de Seguros
A Companhia Paulista de Seguros foi condenada a pagar o seguro de vida a cliente portadora de câncer de mama. A decisão, por unanimidade de votos, é da 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. ...
18/06/2004 - justiça - =CNTS defende direito a aborto em caso de feto anencefálico
Gestantes devem ter o direito de interromper gravidez de feto anencefálico. A opinião é da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde, que entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal. A Confederação quer que a Corte entenda que a antecipação terapêutica nesses casos não seja considerada aborto....
11/05/2004 - justiça - Justiça manda estado fornecer medicamento para adolescente
Um adolescente que sofre de artrite reumatóide juvenil deverá ter seu tratamento financiado pelo estado de Minas Gerais. A decisão é do juiz Saulo Versiani Penna, da 4ª Vara de Fazenda Pública e Autarquias, que concedeu a antecipação de tutela ao adolescente. ...
08/05/2004 - justiça - Obrigação de comunicação de maus-tratos contra idoso
A suspeita ou confirmação de maus-tratos contra idoso serão obrigatoriamente comunicados pelos profissionais de saúde ...
07/05/2004 - justiça - Justiça mineira manda seguradora indenizar viúva em MG
Empresa de seguros de Minas Gerais foi condenada a indenizar uma viúva pela morte de seu marido. O juiz da 2ª Vara Cível de Belo Horizonte, Gutemberg da Mota e Silva, mandou a empresa pagar R$ 10.700 corrigidos monetariamente. ...
07/05/2004 - justiça - Direito a adicional de insalubridade depende de perícia
O direito de o trabalhador receber adicional de insalubridade depende, conforme a previsão da CLT, de perícia que permita a apuração das reais condições de trabalho enfrentadas por ele. Mesmo a declaração do empregador, reconhecendo o ambiente insalubre, não afasta a obrigatoriedade do estudo técnico para que o adicional possa ser pago....
07/05/2004 - justiça - Médico é condenado por deixar cicatrizes em paciente
A cirurgia plástica não caracteriza obrigação de meio, mas sim de resultado. Com esse entendimento, o desembargador Luiz Ary Vessini de Lima, da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, rejeitou apelação do médico Fernando Luderitz Tschoepke. Ele foi condenando a pagar 80 salários mínimos para uma paciente. O médico já interpôs...



Capa |  jurisprudencia  |  legislação
Busca em

  
20 Notícias